O andar preocupado em Salmo 131.1

Como em muitos textos, a NVI não mantém a figura de “andar” em Salmo 131.1: “Não me envolvo com coisas grandiosas nem maravilhosas demais para mim”. Com a menção, porém, de coração e olhos na primeira parte do verso, o andar seria interessante como progressão de envolvimento do autor.

ARA preserva a ideia, que fica muito bem em português: “não ando à procura de grandes coisas, nem de coisas maravilhosas demais para mim” (ver tb. BJ, BMD, EP).

O que se tem no salmo não é um “exercício em autodomínio” (IOVC), mas em se agarrar ao Senhor.